| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Clipping CMH
Desde: 11/11/2014      Publicadas: 6931      Atualização: 06/09/2017

Capa |  Hortolândia  |  Política  |  RMC/RPT


 Política

  07/08/2017
  0 comentário(s)


Antes de sessão, Temer apoiou estrada a pedido de bancada

Antes de sessão, Temer apoiou estrada a pedido de bancada
A obra para construção de uma estrada ainda sem licenciamento ambiental, a pedido da bancada ruralista no Congresso, recebeu o apoio do presidente Michel Temer (PMDB) no momento em que ele negociava apoio para se livrar, na Câmara, da denúncia por corrupção. O traçado da estrada também beneficia uma fazenda de soja do grupo empresarial do ministro Blairo Maggi (Agricultura).
O pedido de autorização para abertura de ação penal contra Temer, feito pela PGR (Procuradoria Geral da República), foi arquivado pelo voto de 263 deputados federais na última quarta-feira. Com exceção de um, da oposição, toda a bancada de Mato Grosso votou a favor do presidente.
A estrada de 194 km, a BR-242, ainda não tem licença aprovada pelo Ibama, órgão federal responsável pela autorização. O Ibama detectou, ao longo do traçado, sítios arqueológicos, grutas com pinturas e inscrições rupestres e matas consideradas vitais para cabeceiras de rios que cruzam o Parque Indígena do Xingu, cujo extremo sul fica a apenas 10 quilômetros do traçado da rodovia.
Os indígenas do Xingu entregaram às autoridades uma carta, em nome de 16 etnias com 8 mil índios, que repudia a obra porque deverá trazer impactos ambientais e sociais com desmatamentos, novos núcleos populacionais e aumento do uso de agrotóxicos. Eles pedem que seja aproveitada uma estrada que já existe e que passa um pouco mais longe do Xingu, em um desvio de cerca de 100 km, ligando Gaúcha do Norte a Canarana (MT).
Até a semana passada, tudo caminhava para uma saída que poderia contentar Ibama, indígenas e fazendeiros, pois o traçado alternativo passou a receber apoio dos próprios produtores rurais.
Contudo, de repente, os desenhos foram alterados para cobrir o trecho até Canarana. A reportagem obteve imagens de pessoas retocando um banner para colocar o antigo desenho e encobrir o novo pouco antes de uma reunião em Nova Ubiratã (MT). A ideia do antigo traçado voltou na semana decisiva para Temer.
O apoio do presidente à obra foi confirmado pelo líder do grupo de produtores rurais que defende a BR-242, pelo deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), presidente da Frente Parlamentar do Agronegócio, e pelo governador do Estado, Pedro Taques (PSDB).
Os três disseram, em reunião pública gravada na semana passada em Nova Ubiratã, que Temer escalou o ministro de Governo, Antonio Imbassahy (PSDB-BA), para tratar do assunto e marcou reunião na semana que vem.
"O meu governador (Taques) me botou para falar agora com o nosso presidente da República (e o) ministro Imbassahy. Agora escutem o que ele me disse e marcou: audiência 8 e 9 de agosto com o presidente da República, com o ministro dos Transportes, com o Ibama, com a Funai, em Brasília. Sabe para quê? As fontes (de financiamento), ele me disse, já estão liberadas. Para liberar a BR-242 de Santiago a Querência", disse o produtor rural Odir José Nicolodi, o Caçula, presidente da comissão pró-BR-242, que foi aplaudido.
Taques confirmou ao microfone que Temer iria "chamar o Ibama, a Funai, com a nossa bancada para que possamos dar destino a esta obra". O governador enfatizou suposta influência de Leitão sobre Temer, pois a bancada ruralista reuniria "300 parlamentares". E disse que era "um absurdo" a demora.
Leitão afirmou que o "presidente que nos apoia, Michel Temer, tem dado todo apoio a essas obras". Segundo o deputado, "é imprescindível" que a obra "se destrave na semana que vem".
 
Vai dar merda com Michel, diz Cunha, sobre suposta propina
O relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, ministro Edson Fachin, recebeu da Polícia Federal relatório com transcrição de um diálogo de 2012 em que os então deputados federais Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) tratariam do recebimento de propina do empresário Joesley Batista, da JBS. Na troca de mensagens, é citado o nome de Michel Temer, então vice-presidente, como envolvido na negociação.
Segundo o diálogo que teria sido travado por Cunha e Alves, ambos presos atualmente, Temer ficaria potencialmente contrariado por perder parte do dinheiro de Joesley para outra ala do PMDB.
"Joes aqui saindo. Confirme dos 3 convites, 1 RN 2 SP", relata a transcrição da PF sobre a mensagem supostamente enviada por Alves a Cunha.
"Joes" seria Joesley. E "convite", propina, segundo o relatório. Ao que responde Cunha, segundo a transcrição: "Ou seja ele vai tirar o de sao paulo para dar a vc? Isso vai dar merda com michel."
A troca de mensagens entre os peemedebistas foi extraída do celular de Eduardo Cunha. Segundo a interpretação dos agentes da PF, Cunha se refere a uma suposta insatisfação do então vice-presidente, que é do PMDB de São Paulo, com o direcionamento de parte do dinheiro para o partido no Rio Grande no Norte, controlado por Alves.
"A utilização do termo 'convites' pode ser uma tentativa de mascarar uma atividade de remessa financeira ilegal, já que, caso fosse um procedimento que obedecesse estritamente as normas legais, não haveria o porquê do uso deste termo", aponta o relatório da PF, que se tornou público no sistema do STF.
O relatório faz parte de uma ação cautelar que corre no tribunal e tem Cunha e Alves como investigados, entre outros. | FOLHAPRESS
 
O OUTRO LADO
O ministro Antonio Imbassahy afirmou que a licitação para a obra da rodovia BR-242 está "em fase final, dependendo do licenciamento ambiental". "O ministro conversou com o governador Pedro Taques, o deputado Nilson Leitão e um dos líderes da comissão pelas obras na BR 242 e repassou a eles a informação obtida junto ao Ministério dos Transportes: de que a licitação de importantes trechos estava em fase final, dependendo do licenciamento ambiental", informou a assessoria do ministro. Em nota, o Ibama disse que a obra ainda está em fase inicial de discussão do termo de referência, primeiro passo para a elaboração de um estudo de impacto ambiental.


  Mais notícias da seção Política no caderno Política
21/08/2017 - Política - Governo tenta retomar reforma da Previdência
Os planos no governo devem esbarrar em um Congresso cada vez mais focado na reforma política...
08/08/2017 - Política - Governo avalia pacote de aumento de impostos
Entre as propostas em estudo está a criação de uma alíquota de 30% ou 35% de Imposto de Renda para quem ganha mais de R$ 20 mil mensais...
08/08/2017 - Política - MAR DE LAMA: Justiça suspende ação por homicídio no caso Mariana
Distrito de Bento Rodrigues foi destruído pelo rompimento da barragem da mineradora Samarco...
08/08/2017 - Política - Temer faz agrado a Doria por reforma da Previdência
O presidente espera pelos votos da bancada do PSDB para aprovar a reforma mais polêmica de seu governo...
03/08/2017 - Política - Caixa arrecada R$ 7,6 bilhões em loterias
Do valor arrecadado, R$ 3,6 bilhões foram repassados a programas sociais nas áreas de saúde, educação, esportes, segurança, cultura e seguridade, conforme definição legal...
03/08/2017 - Política - Câmara rejeita denúncia contra Michel Temer
Com o impedimento da autorização, caberá ao presidente da Câmara dos Deputados comunicar ao STF o resultado da votação e a impossibilidade de abrir investigação...
02/08/2017 - Política - MPs denunciam tentativa de obstrução dos governos
MPs do Brasil e da Argentina denunciam tentativa de obstrução dos governos...
02/08/2017 - Política - Uerj adia início das aulas por condições precárias
Reitor da UERJ, Ruy Garcia Marques: crise sem precedentes...
02/08/2017 - Política - Lula se comportava como dono do sítio, diz Moro
O magistrado elencou o conjunto de provas que, segundo ele, "permitem, em cognição sumária"...
02/08/2017 - Política - Juiz decide que distinção de preços não é ilegal
A Justiça determinou que a União deixe de aplicar a Nota Técnica que dispõe sobre a ilegalidade na diferenciação de preços entre homens e mulheres até decisão final...
01/08/2017 - Política - FGTS só pode ser sacado por doentes ou presos
O banco orienta os trabalhadores a acessar o endereço ou ligar para 0800-726-2017, para que possam saber o valor, a data e o local mais convenientes para os saques...



Capa |  Hortolândia  |  Política  |  RMC/RPT
Busca em

  
6931 Notícias