| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Clipping CMH
Desde: 11/11/2014      Publicadas: 6637      Atualização: 12/06/2017

Capa |  Hortolândia  |  Política  |  RMC/RPT


 Política

  20/04/2017
  0 comentário(s)


Delatores emprestam novas versões a episódios da política nacional

Delatores emprestam novas versões a episódios da política nacional

Quando foi interrompido em rede nacional por William Bonner no último debate do primeiro turno de 2014, Aécio Neves (PSDB) esboçou um sorriso amarelo, algo constrangido. Era sua vez de responder, e Pastor Everaldo (PSC), que fizera a pergunta, havia ignorado as regras do encontro e levantado a bola para uma cortada do tucano.

Apesar do tema "Previdência", o candidato nanico decidiu atacar o PAC –vitrine de Dilma Rousseff (PT)– e pediu que Aécio comentasse se o programa era do "atraso do crescimento" ou da "aceleração da corrupção".
Com a advertência do apresentador global, o pastor gaguejou e se corrigiu. "Senador, o que você tem a me dizer sobre a Previdência?", perguntou, pouco criativo.

Depois de encerrado o debate, Everaldo foi bater à porta do camarim tucano. A dupla passou dez minutos trancada. Ao final, o pastor saiu apressado pelos corredores da TV Globo, sem comentar.

A equipe de Aécio disse que o "rival" só foi parabenizá-lo pelo desempenho.

Dois anos e seis meses depois, Fernando Reis, ex-executivo da Odebrecht, revelou em sua delação premiada o que pode ter sido o motivo da confusão deliberada do candidato do PSC: a empresa havia pedido a ele que ajudasse Aécio nos debates, em troca de doação de R$ 6 milhões.

Em mais uma dobradinha, ele e Aécio negaram a versão apresentada pelo delator.

O caso do debate é apenas um dos episódios antigos da política brasileira que ganharam nova cor –e novas explicações– com as centenas de depoimentos de ex-diretores da Odebrecht que viraram colaboradores da Lava Jato.

Foi assim com a "Carta ao Povo Brasileiro" de 2002, da qual Emílio Odebrecht diz ter sido quase um ghost-writer; com a origem do dinheiro vivo do escândalo dos aloprados em 2006 –troco de pinga, quase que literalmente–; ou com os R$ 4 milhões que supostamente desapareceram da campanha presidencial de José Serra em 2010.

A Odebrecht diz estar por trás até mesmo de declarações famosas de Lula –como uma de 2008, quando o petista disse, durante uma reunião com seu conselho político, que haviam jogado "o bagre no colo do presidente".

De acordo com Emílio, o desabafo foi originado por uma pedido dele em um encontro, para que não houvesse atraso na concessão de licenças ambientais na hidrelétrica de Santo Antônio. "Lula chegou inclusive a verbalizar nossa insatisfação com a famosa frase", orgulhou-se.

*

Escândalo dos aloprados

O que se sabia até agora
PT tentou comprar, em 2006, um dossiê contra José Serra, candidato do PSDB ao governo de São Paulo. Às vésperas da disputa, duas pessoas ligadas ao partido foram presas com R$ 1,1 milhão e US$ 249 mil em dinheiro vivo

O que as delações revelaram
O dinheiro foi "gerado" a partir de uma transação entre a Odebrecht e a Itaipava, segundo o delator Luiz Eduardo Soares. A cervejaria precisava de recursos no exterior, e a empreiteira, de verba em reais, no Brasil

-

Dobradinha em debate

O que se sabia até agora
Aécio Neves (PSDB) e Pastor Everaldo (PSC) foram afinados ao último debate do primeiro turno de 2014, na TV Globo. O tucano foi o preferido do nanico na hora de direcionar suas perguntas

O que as delações revelaram
Odebrecht havia doado R$ 6 milhões ao nanico acreditando que ele teria um papel maior na campanha; quando viu que havia apostado no cavalo errado, pediu para que ele ajudasse Aécio em debates

-

'Carta ao Povo Brasileiro'

O que se sabia até agora
Na disputa de 2002, Lula ainda assustava o mercado. Em junho, num documento que marcou a história do PT, o então candidato fez um grande aceno ao setor privado, o que contribuiu com sua vitória

O que as delações revelaram
Emílio Odebrecht diz que sempre tentou ajudar Lula de outras formas, além de doações. Promoveu, por exemplo, encontros dele com empresários. A famosa carta, diz o patriarca, teve "muita contribuição" da empresa

Sumiço do dinheiro

O que se sabia até agora
Na campanha de 2010, Paulo Vieira de Souza, ex-diretor de uma estatal em São Paulo, foi acusado por integrantes do PSDB de arrecadar ilegalmente e desviar R$ 4 milhões destinados à campanha presidencial de José Serra

O que as delações revelaram
Colaboradores da Odebrecht dizem que ele devolveu os recursos para a empresa em 2010. Posteriormente, US$ 2 milhões –que equivaliam a esse montante– teriam sido depositados para José Serra em conta no exterior



  Mais notícias da seção Política no caderno Política
01/06/2017 - Política - Marco Aurélio será relator das investigações contra Aécio Neves no Supremo
Novo relator foi escolhido após o ministro Edson Fachin separar o inquérito envolvendo Aécio Neves, Rocha Loures e o presidente Michel Temer...
01/06/2017 - Política - Proposta de eleições diretas para a Presidência é aprovada pela CCJ do Senado
Texto agora será votado em dois turnos na Casa e, se aprovado, seguirá para a Câmara dos Deputados; proposta prevê eleição indireta para presidente e vice-presidente apenas para caso de afastamento no último ano do mandato...
01/06/2017 - Política - Torquato Jardim toma posse e garante continuidade da Operação Lava Jato
"Brasil vive momentos de grande conflito institucional, porque não se dá cumprimento à ordem institucional", afirmou Michel Temer em cerimônia...
01/06/2017 - Política - Relator defende restrição ao foro privilegiado a políticos, mas STF adia decisão
Ministro relator, Luís Roberto Barroso defendeu tese de que prerrogativa de foro aplica-se apenas a crimes cometidos durante o mandato do acusado e pediu limite para a mudança de competência em razão de trocas de cargo...
01/06/2017 - Política - Só trafico drogas, diz Zezé Perrella ao senador afastado Aécio Neves
Defesa do parlamentar do PMDB assegura que a afirmação foi feita em tom irônico; tucano reclamou ao colega sobre declarações a respeito da Lava Jato...
01/06/2017 - Política - Fachin nega pedido de defesa de Temer e presidente será interrogado pela PF
No entanto, ministro informou que Temer tem o direito de permanecer em silêncio durante interrogatório sobre áudio gravado pelo dono da JBS...
01/06/2017 - Política - PF deflagra nova fase da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro
Alvos são empresas de alimentação acusadas de desviar recursos destinados à merenda escolar no Estado; empresário Marco Antônio de Luca foi preso...
01/06/2017 - Política - Pesquisa sobre 2018 mostra Doria e Alckmin à frente de Lula em SP
Em uma pesquisa nacional, foi constatado que 46% dos brasileiros não votariam em Lula de jeito nenhum se eleições fossem hoje; veja os números...
29/05/2017 - Política - Aécio Neves não sabia de papel com inscrição cx 2, diz advogado do senador
Alberto Toron utilizou página do tucano no Facebook para afirmar que o político não tem conhecimento documento apreendido pela Polícia Federal...
29/05/2017 - Política - Ao lado de artistas, manifestantes fazem ato contra Michel Temer em Copacabana
Protesto foi convocado por movimentos sociais e conta com a participação de deputados da oposição; ato "Diretas Já" tem shows de Caetano e Criolo...
29/05/2017 - Política - Michel Temer troca Osmar Serraglio por Torquato Jardim no Ministério da Justiça
Passagem de Serraglio pela pasta foi marcada por polêmicas, entre as quais o fato de ele ter sido citado nas investigações da Operação Carne Fraca da PF...
29/05/2017 - Política - De casa nova: Sérgio Cabral é transferido para presídio recém-reformado no Rio
Novo lar do ex-governador é monitorado 24 horas por dia e passou por obras para receber detentos da Lava Jato; Cabral vai dormir em 'colchão olímpico'...
29/05/2017 - Política - Mais de 150 mil foram a ato pelas Diretas Já no Rio, dizem organizadores
Manifestação durou cerca de seis horas e contou com a participação de artistas globais e cantores que são contrários à gestão de Michel Temer...
29/05/2017 - Política - Em visita relâmpago, Temer promete ajuda aos estados de Alagoas e Pernambuco
Na noite desse domingo, o presidente fez uma rápida visita aos dois estados nordestinos, que decretaram calamidade pública em uma série de municípios...
15/05/2017 - Política - "É do interesse do BNDES saber se ele foi usado", diz Maria Silvia
Presidente do banco não entendeu o porquêdas conduções coercitivas feitas pela PF e avisa:"Os funcionários cumpriram seu papel de forma proba"...
11/05/2017 - Política - Gatos pingados a favor da Lava Jato reclamam de baixa adesão nas ruas
"Esses vermelhos, comunistas, vieram a Curitiba com o dinheiro da CUT", gritam nos microfones....
11/05/2017 - Política - Fachin libera acesso ao Congresso em votação da Reforma da Previdência
Min. Fachin, do STF, concedeu liminar para permitir entrada de qualquer pessoa no Congresso Nacional durante análise e votação da reforma da Previdência, nesta semana; segundo o ministro, o povo tem o direito e o dever de fiscalizar parlamentares, cujas decisões terão impacto direto em suas vidas...



Capa |  Hortolândia  |  Política  |  RMC/RPT
Busca em

  
6637 Notícias